quinta-feira, 26 de junho de 2014









Olá...Depois de 3 anos sem quase pintar nada eis que saiu alguma coisinha,esses trabalhos são frutos desse tempo,fiz uns aqui e acolá,quero ter estimulo para refazer minhas artes com a Graça de Deus!








terça-feira, 20 de setembro de 2011


Há 4 meses no dia 20/07/2011, perdi meu filho caçula "RODRIGO"num acidente de moto.Um rapaz alegre,feliz,de bem com a vida,estudioso,cheio de planos,projetos,não bebia,não fumava,não tinha vícios a não ser o futebol...Tinha 25 anos.
E a partir de então não mais nos vimos,acabaram-se as ligações,conversas,abraços,beijos,ouvir diariamente ele dizer:"Mãe a senhora é a mulher da minha vida,te amo muito,nunca vou lhe deixar,a senhora vai ficar velhinha e eu estarei sempre pertinho,cuidando da senhora"...Fiquei tão mal...Sem chão...Anestesiada...Graças a Deus não fiz o pior comigo mesma.Minha vontade era de partir junto com ele.Na verdade, não precisava me matar, porque eu de certa forma morri para o mundo, quando meu filho morreu,perdi meus sonhos,projetos,vontades...
As mães são assim mesmo, no amor pelos filhos. É preciso compreendê-las, mesmo parecendo inútil nossa colaboração. Nenhuma mãe ou pai consegue se imaginar sem um de seus filhos,por mais que se digam"Eu sei o que está sentindo"... Ninguem sabe,só sabe quem passa...No livro "Coragem" de Francisco Cândido Xavier está escrito, por exemplo:"Sejam quais forem as aflições e problemas que te agitem a estrada, confia em Deus, amando e construindo, perdoando e amparando sempre porque Deus, acima de todas as calamidades e de todas as lágrimas, te fará sobreviver, abençoando-te a vida e sustentando-te o coração."
Ali­viou-me muito essa mensagem a seguir que ganhei de uma amiga virtual.Suas frases foram bálsamo para minha dor, por isso gostaria de reparti-la com outras pessoas na mesma situação que eu.
"Esta carta não quer conver­ter você a nenhuma religião. É que sei o que você procura.É verdade, existe um vazio dentro do seu coração, deixado pela pessoa querida que foi embora. A lembrança do rosto imóvel, do caixão, do velório, do enterro, eu sei, são recorda­ções doloridas. As lágrimas que caem pelo seu rosto são as testemunhas dessa dor que parece impossível curar.Pode ter certeza: A pessoa que você pensa que está morta na verdade está viva. Viva e sabendo o que acontece. Ele, inclusive, deve estar agora desejando que você esteja preparada, sabendo como é a vida depois da morte, para que, quando chegar a sua hora, você também seja feliz.Sim, porque é preciso viver bem, para morrer bem. Não importa que religião você tenha.A vida não termina com a morte, mas é transformada por ela. Eles, os nossos mortos, estão vivos. Morrer é só sair do corpo, é mudar de plano, como alguém que se transferisse de uma cidade para outra, sem que isso altere a pessoa em si.Depois que se morre, vive-se com um novo corpo: O corpo espiritual, feito de uma espécie de energia que obedece ao comando do pensamento. Por isso, no mundo dos espíri­tos, somos o que pensamos. Quem é equilibrado aqui, será equilibrado lá,quem é bom aqui,será bom lá.E daqui, do mundo físico, através do pensamento, nos comunicamos com as pessoas queridas que partiram antes de nós. Todo pensamento de an­gústia, de tristeza, pode atingi-las, causando mais tristeza, mais aflição. Mas, também, tudo o que pensarmos e fizermos de bom, em nome delas, as tornará felizes.Portanto,pense positivo,com alegria,revivendo bons momentos com ele. Envie pensamentos de paz, de amor, de alegria, para o seu ente querido. Ajude aos outros em nome dele. Reze, de acordo com a sua religião, pedindo a Deus em favor dessa pessoa pois, pelo pensamento, ele estará recebendo as nossas energias espirituais positivas.Por fim, viva mantendo a consciência tranqüila. Nunca prejudique a ninguém e faça aos outros o bem que puder, mesmo que lhe custe sacrifício. Porque vivendo assim você também será feliz,e quando deixar o seu corpo de carne, para se encontrar com as pes­soas queridas que partiram antes de você,vc também será feliz"

Por isso...Preciso parar de chorar,seguir em frente e pensar nos momentos bons do Rodrigo conosco,pois ele era só alegria,alto astral,felicidade,amizade,fé!
Fiquem com Deus...Bjos agradecidos...Geruza
Essa era a frase dele no Skype:
"Deus...Nunca perturba a alegria dos seus filhos se não for para lhes preparar uma mais certa e maior..."

domingo, 21 de agosto de 2011

 Um mês sem Rodrigo...
Meu filho Rodrigo foi daquelas pessoas que existem em nossas vidas e enchem nosso espaço com pequenas alegrias e grandes atitudes…Daquelas que te olham nos olhos quando precisam ser verdadeiras,embora vc se magoasse com ele,sabia tecer elogios, te dar a mão e pedir desculpas com a simplicidade de uma criança,sem ter vergonha por isso…
Pessoa firme…Verdadeira, transparente, amiga…Cheio de sonhos,planos,projetos,tudo cronometrado no seu devido tempo.
Foi daquelas pessoas que passam pela vida deixando sua marca...Saudades...Aquelas que fazem a diferença…Aquelas que vivem intensamente um grande amor…Uma verdadeira amizade...Que apenas com um sorriso, um beijo, um abraço, uma palavra, te fazia feliz…
Ele foi forte até o último suspiro,e sei que tanto ele,quanto nós cumprimos essa missão que Deus nos enviou. Agora sei que Rodrigo será o nosso anjo protetor e que Deus nos escolheu pois sabia de nossa força interior.Nada na vida é por acaso.

Queria aproveitar para trazer a gratidão, o meu muito obrigada à solidariedade de todos vcs, em um momento de muita dificuldade que passamos que é perder um filho.Essa é a maior dor que um ser humano pode sentir,pois a morte de um filho é contra as leis da natureza.Agradeço a todos que estiveram presentes, mandaram mensagens,oraram, isso tudo ajuda muito nesse momento. Queria, de coração, dizer que a força que vocês nos deram foi muito importante...Todos esses dias sempre tive algum dos amigos dele a me ligar ou me fazer companhia,vcs fizeram a diferença...Vcs fizeram o que podiam,doaram seu tempo prá mim e eu sou muito grata,pois é nesses momentos que podemos saber quem são os verdadeiros amigos,amigos não tem quer estar presentes só na alegria,na festa,só quando estamos bem,sabemos quem verdadeiramente se importa conosco na hora da dor...A vida não para, o tempo não para e precisamos voltar a viver normalmente, mesmo com o coração partido, com o pesar e a dor.Não tem nenhum sofrimento nessa vida,que passe por nós sem deixar um ensinamento...E eu aprendi muito com isso...Minha vida e meus conceitos mudaram radicalmente.É muito difícil, mas faz parte da vida.
Um grande e apertado abraço de agradecimento em cada uma de vcs!

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Peço orações por meu filho Rodrigo Lima Bezerra

Amigas...
Meu filho caçula Rodrigo,fez 25 anos dia 11/07 e no dia 13/07 sofreu um sério acidente de moto ao retornar do trabalho,peço desculpas a todas vcs...Mais infelizmente não tive condições de vir aqui avisar a vcs que perdi meu querido filho...Se foi no dia 20/07...Peço que vcs continuem rezando pelo nosso conforto e conformação,está doendo muito mesmo,sinto muitas,muitas saudades dele...
 

domingo, 26 de junho de 2011

Casa Arrumada





  CASA ARRUMADA

Casa arrumada à moda drummondiana 
Carlos Drummond de Andrade

Casa arrumada é assim:
Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas…
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:Aqui tem vida…
Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.Sofá sem mancha?Tapete sem fio puxado?Mesa sem marca de copo?Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,passaporte e vela de aniversário, tudo junto…
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos…Netos, pros vizinhos…E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia.
Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.Arrume a sua casa todos os dias…
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela…E reconhecer nela o seu lugar.
Os dez mandamentos (do ponto de vista do cachorro).
01 - Minha vida deve durar uns 10 ou 15 anos.
Qualquer separação minha de você vai ser dolorosa para mim.
Lembre-se disso antes de me levar para a sua casa...
02 - Me dê tempo para entender o que você quer de mim.
03 - Deposite sua confiança em mim.
04 - Não fique zangado comigo por muito tempo nem me prenda por castigo.
Você tem seu trabalho, suas diversões, seus amigos. Eu só tenho você.
05 - Fale comigo de vez em quando. Mesmo que eu não entenda suas palavras eu compreendo sua voz.
06 - Saiba que, independentemente da forma que você me trate, eu nunca vou esquecer disso.
07 - Por favor, não bata em mim.
Eu não posso bater de volta mas posso morder e arranhar, coisas que na realidade eu não quero fazer.
08 - Antes que você me repreenda por falta de cooperação, teimosia ou preguiça,
pergunte a você mesmo se não tem alguma coisa me incomodando.
Talvez eu não esteja comendo a comida certa ou fiquei no sol por muito tempo ou o meu coração está ficando velho e fraco.
09 - Cuide de mim quando eu ficar velho. Você também vai ficar velho...
10 - Vá comigo nas jornadas difíceis.
Nunca diga "eu não agüento assistir" ou "deixe que aconteça quando eu não estiver junto".
Tudo é mais fácil para mim se você estiver junto.
Lembre-se, eu te  amo e só tenho você.

Este texto é atribuido a
"The Fitzsimons Army Medical Center"
no Colorado, EUA.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Pense positvo!


Nosso subconsciente trabalha na materialização de nossas crenças. Ele não tem senso de humor. Faz sempre o que acreditamos. Não falha. Dessa forma, o fracasso não existe. Você foi sempre um sucesso! Sua vida é obra sua. Você é responsável por suas experiências. Mesmo aquelas que parecem não depender de você foram atraídas por sua forma de pensar.
As coisas não vão bem? Só colhe infelicidade? É hora de perceber como você consegue fazer isso. Certamente não escolheu a atitude adequada para obter bons resultados. Mudando essa atitude, tudo se modificará.
A vida deseja que você desenvolva seus potenciais de espírito eterno e aprenda a ser feliz. A felicidade é nosso destino e só o bem é verdadeiro. Para nos ensinar isso, a vida programa nossas experiências de acordo com nossas necessidades. Através do resultado dessas experiências conquistamos a sabedoria.
Na queixa há sempre uma justificativa para continuarmos a ser como somos, mas há também uma auto-imagem negativa. Você pensa que não pode fazer nada, que é incapaz e não merece. Conforma-se em ser pobre, em ficar em segundo plano, em pensar primeiro nos outros (“é feio pensar em você primeiro”). Acha que, para você ter, outros terão que dar e perder. Como se Deus fosse pobre e tão limitado que para dar a uns teria que tirar de outros. Esses pensamentos são altamente depressivos e atraem infelicidade.
Seu subconsciente obedece às mensagens que você lhe envia. Você tem todo o poder de criar seu próprio destino. Se deseja viver melhor, reconheça isso.
Faça uma lista de suas crenças e até das frases que costuma dizer. Se puser atenção e for sincera, logo vai perceber quais as crenças que são responsáveis por sua infelicidade. Não pense mais nelas. Esqueça-as. Quanto mais se preocupar em eliminá-las, mais pensará nelas e as alimentará.
Trate de cultivar o oposto. Faça afirmações positivas sempre usando o presente. Exemplo: “Eu sou feliz”, “Tenho muita sorte”, “Minha saúde está cada dia melhor”, etc. Escreva-as e espalhe-as em sua casa, nos lugares onde você possa vê-las constantemente. Repita-as várias vezes por dia.
Mas não se esqueça de pôr emoção nelas, acreditar realmente no que afirmar. Ignore aquela vozinha que lhe diz que não vai funcionar. Não custa nada experimentar.
Lembre-se de que todos os problemas de sua vida foram criados por você. Você foi, é e sempre será um sucesso. Suas escolhas podem ter dado um resultado diverso do que você esperava, mas você conseguiu materializa-las. Refletem o que você crê, e o que você crê seu subconsciente materializa.. Pense nisso.
Zíbia Gasparetto

Livre-se dos problemáticos!

Livre-se dos problemáticos!

Algumas pessoas surgem em nossa vida de forma desagradável. Trazem desconforto, irritação,desarmonia… 
E, por mais que desejemos nos livrar delas, permanecem de uma forma ou de outra. 
Está acontecendo com você? 
Tem feito o que sabe para reverter o processo, mas, como não conseguiu, acredita que precisa sujeitar-se a esse desgaste pelo resto da vida? 
Isso não é verdade: Existe solução!

Há como desenvolver nossa atitude de forma a atrair deliberadamente figuras felizes, tranquilas,evoluídas, que tenham afinidade conosco. 
Assim, livramos nossa vida de indivíduos problemáticos, cuja ligação conosco já deu o que tinha que dar. Podemos, portanto, selecionar amizades. Escolher convivências com as quais podemos trocar energias positivas. 
Mas… O que fazer quando a criatura problemática está na nossa família, no nosso ambiente de trabalho,nas nossas amizades?

Bem, você não tem como mudar a pessoa. Entrentanto, pode mudar a sua maneira de lidar com ela. Se apesar de tudo o que já tentou a vida insiste em mantê-la ao seu redor, deve ser por um bom motivo: Ou você tem como auxiliá-la ou pode aprender por meio dela.
Viver reclamando, implicando, criticando, brigando, vigiando… Tudo isso é desgastante. Tira seu equilíbrio, acaba com sua saúde, faz mal. E só serve para acabar alimentando e mantendo viva a ligação.
O primeiro passo é aceitar o que não pode mudar, mas reconhecer que tem o direito de preservar sua integridade e manter seu bem-estar. Diante de um acontecimento grave, faça apenas o que for possível e entregue o restante nas mãos de Deus. Pense que essa pessoa está ligada a você por determinação divina e, sendo assim, tudo está certo. Afinal, Deus é nosso provedor, tem pleno poder e resolve tudo no devido tempo.
No mais, cuide do seu bem-estar. Não se deixe impressionar pelo que os outros dizem ou pensam nem se coloque no lugar de vítima. Perceba até que ponto tem se deixado levar pelo orgulho, agido de forma violenta, querendo que as coisas sejam feitas do seu jeito. Saia do drama e note se vem exagerando em suas exigências. Ignore o que já aconteceu e comece a imaginar que essa pessoa já é como você gostaria que ela fosse. Faça isso mesmo que não acredite que ela possa vir a ser assim, e a estará envolvendo em sugestões positivas, o que fará muito bem tanto a ela quanto a você. É uma forma de auxiliar alguém a encontrar novas ideias e começar a mudar a maneira de pensar.
Também procure aceitar as coisas com mais naturalidade e evite ficar todo o tempo pensando no assunto. Tudo que você pensa, fala, discute e mantém entra na sua vida. Para mudar aquilo que não gosta é preciso começar a pensar, falar, comentar, discutir apenas o que lhe faça bem. Pense que o mal é temporário e só o bem é real. Invista em coisas que lhe deem prazer, que a façam feliz, que a deixem de bem com a vida, motivada a seguir adiante apesar dos desafios do caminho.
Então, poderá quebrar o vínculo com pessoas problemáticas de duas maneiras: Ou elas acabarão se achegando e se tornando boas amigas, ou irão viver em outro lugar, onde se sentirão mais felizes. De um jeito ou de outro, todos estarão bem resolvidos, mais amadurecidos, experientes e equilibrados. Aprenderam as lições que vieram buscar. Agir assim requer determinação e esforço, mas vale a pena tentar. Experimente e verá!
Zíbia Gasparetto

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Recebi esse selinho da querida e talentosa...

D'Arc Aleixo...

Façam uma visita vcs vão ver lindos trabalhos! 

 http://jdarcaleixo.blogspot.com/