quarta-feira, 8 de junho de 2011

Livre-se dos problemáticos!

Livre-se dos problemáticos!

Algumas pessoas surgem em nossa vida de forma desagradável. Trazem desconforto, irritação,desarmonia… 
E, por mais que desejemos nos livrar delas, permanecem de uma forma ou de outra. 
Está acontecendo com você? 
Tem feito o que sabe para reverter o processo, mas, como não conseguiu, acredita que precisa sujeitar-se a esse desgaste pelo resto da vida? 
Isso não é verdade: Existe solução!

Há como desenvolver nossa atitude de forma a atrair deliberadamente figuras felizes, tranquilas,evoluídas, que tenham afinidade conosco. 
Assim, livramos nossa vida de indivíduos problemáticos, cuja ligação conosco já deu o que tinha que dar. Podemos, portanto, selecionar amizades. Escolher convivências com as quais podemos trocar energias positivas. 
Mas… O que fazer quando a criatura problemática está na nossa família, no nosso ambiente de trabalho,nas nossas amizades?

Bem, você não tem como mudar a pessoa. Entrentanto, pode mudar a sua maneira de lidar com ela. Se apesar de tudo o que já tentou a vida insiste em mantê-la ao seu redor, deve ser por um bom motivo: Ou você tem como auxiliá-la ou pode aprender por meio dela.
Viver reclamando, implicando, criticando, brigando, vigiando… Tudo isso é desgastante. Tira seu equilíbrio, acaba com sua saúde, faz mal. E só serve para acabar alimentando e mantendo viva a ligação.
O primeiro passo é aceitar o que não pode mudar, mas reconhecer que tem o direito de preservar sua integridade e manter seu bem-estar. Diante de um acontecimento grave, faça apenas o que for possível e entregue o restante nas mãos de Deus. Pense que essa pessoa está ligada a você por determinação divina e, sendo assim, tudo está certo. Afinal, Deus é nosso provedor, tem pleno poder e resolve tudo no devido tempo.
No mais, cuide do seu bem-estar. Não se deixe impressionar pelo que os outros dizem ou pensam nem se coloque no lugar de vítima. Perceba até que ponto tem se deixado levar pelo orgulho, agido de forma violenta, querendo que as coisas sejam feitas do seu jeito. Saia do drama e note se vem exagerando em suas exigências. Ignore o que já aconteceu e comece a imaginar que essa pessoa já é como você gostaria que ela fosse. Faça isso mesmo que não acredite que ela possa vir a ser assim, e a estará envolvendo em sugestões positivas, o que fará muito bem tanto a ela quanto a você. É uma forma de auxiliar alguém a encontrar novas ideias e começar a mudar a maneira de pensar.
Também procure aceitar as coisas com mais naturalidade e evite ficar todo o tempo pensando no assunto. Tudo que você pensa, fala, discute e mantém entra na sua vida. Para mudar aquilo que não gosta é preciso começar a pensar, falar, comentar, discutir apenas o que lhe faça bem. Pense que o mal é temporário e só o bem é real. Invista em coisas que lhe deem prazer, que a façam feliz, que a deixem de bem com a vida, motivada a seguir adiante apesar dos desafios do caminho.
Então, poderá quebrar o vínculo com pessoas problemáticas de duas maneiras: Ou elas acabarão se achegando e se tornando boas amigas, ou irão viver em outro lugar, onde se sentirão mais felizes. De um jeito ou de outro, todos estarão bem resolvidos, mais amadurecidos, experientes e equilibrados. Aprenderam as lições que vieram buscar. Agir assim requer determinação e esforço, mas vale a pena tentar. Experimente e verá!
Zíbia Gasparetto

3 comentários:

maria lucilia disse...

Adorei!

Tecendo com amor disse...

Que ótima mensagem,gostei muito!
beijocas
Lea

Adélia Oechsler disse...

Estou passando algo parecido... Minha cabeça parece uma panela de pressão. Valeu amiga... www.adi-bordados.blogspot.com bjs